Caso de sucesso: fabricante de equipamentos automotivos

A demanda

Um fabricante brasileiro de acessórios automotivos queria diversificar sua receita exportando seus produtos. A empresa buscou a ajuda da Link Estratégia para um estudo exploratório de mercado usando ferramentas de Inteligência Competitiva e de Mercado (IC&M).

Os executivos elencaram quatro geografias da América Latina. A empresa precisava saber o potencial de cada país e que tipo de concorrência iria enfrentar. Além disso, também era necessário identificar qualquer barreira normativa, técnica ou fiscal que pudesse atrapalhar os planos de internacionalização.

A metodologia

A equipe da Link mergulhou em dados de fontes secundárias dos quatro países, buscando mensurar o potencial de cada um deles. Após um exercício interno para identificar os fatores que impactavam o segmento de acessórios automotivos, a equipe partiu para o garimpo de informações.

Foi avaliado o tamanho e crescimento de frota em cada geografia, capacidade econômica por faixas etárias, características culturais (os acessórios do cliente fazem sucesso com um público jovem e ligado em tuning de veículos) e diversos outros fatores.

Com esses dados em mãos, foi feito um cruzamento e criada uma matriz com pesos para cada fator. No final, elencamos os quatro países conforme o potencial de mercado.

A partir daí, entrou em campo a equipe de pesquisa em fontes primárias, para contactar revendedores locais e entender o comportamento de cada competidor e dos potenciais clientes. Isso derrubou o México no ranking, por exemplo. A partir das entrevistas ficou claro que os mexicanos davam preferência para marcas americanas, fáceis de se obter em função da proximidade, sobre outras asiáticas ou até mesmo locais.

O objetivo era indicar ao cliente qual mercado tinha potencial para melhores resultados, mais rapidamente e com menor investimento. Como dizem os americanos, “the best bang for buck”. Foi identificado um mercado com essas características para ser o primeiro a receber atenção da empresa. E junto com isso, uma indicação dos canais de venda locais.

Os resultados

Nos dois anos seguintes ao projeto, o fabricante de acessórios automotivos começou a explorar os canais indicados, fazendo primeiro envios teste de mercadoria para alguns representantes e lojistas selecionados e participando de eventos locais de tuning.

O trabalho de divulgação da marca acompanhou os esforços de exportação, com a narrativa de comunicação explorando os pontos fracos dos concorrentes apontados pelo trabalho de Inteligência Competitiva e de Mercado. No terceiro ano, a empresa já tinha um canal de exportação bem sedimentado e estava começando a crescer no mercado local. Já nesse ano a exportação passou a responder por pouco mais de 15% das receitas da empresa. A partir do conhecimento adquirido no processo, a empresa ampliou sua equipe de comércio exterior e avançou para outros países da região, aproveitando os dados coletados inicialmente pela Link Estratégia nas outras geografias.

Casos de
sucesso

Leia outros casos de sucesso em nosso blog.

Outros posts

Em 2024 os consumidores dedicarão seu tempo ao que for relevante para suas vidas

26

fev
Audiência, Comunicação, Jornalismo, Marketing

Como a necessidade de ser relevante vai mudar o marketing e o jornalismo?

Se for para resumir em uma palavra a tendência para o marketing e a comunicação neste ano eu escolheria “relevância”. Em 2024 ser relevante será um ponto chave para o marketing, a comunicação e o jornalismo. A questão é como alcançar essa almejada relevância.

decisões de marketing e comunicação

15

dez
Comunicação, Comunicação organizacional, Marketing, Todos os temas

Sobre decoração natalina e decisões de marketing e comunicação

Em grandes empresas ou pequenos negócios as decisões de marketing e comunicação seguem alguns princípios básicos. Na semana passada conversei casualmente com um gestor de um pequeno negócio do meu bairro sobre a colocação de uma mangueira decorativa para o Natal. Apesar de ser uma decisão simples, é perfeita para lembrar dicas básicas sobre quaisquer decisões em marketing e comunicação.