O que é Inteligência Competitiva e de Mercado?

Mas afinal, o que é Inteligência Competitiva e de Mercado (IC&M), que alguns chamam de Inteligência de Mercado e outros de Inteligência Competitiva? Trata-se de um processo de coleta e análise de dados e percepções de mercado que gera informações relevantes para serem utilizadas na tomada de decisão estratégica de uma empresa ou instituição.

Não raro, um gestor sente a necessidade de mais informação, de algo que dê suporte ao seu processo de tomada de decisão, mas não sabe que precisa de Inteligência Competitiva e de Mercado. A disciplina ainda é relativamente nova: surgiu nos anos 1980 nos EUA e só recentemente, nos anos 2000, começou a popularizar-se no Brasil. De início, ficou restrita a grandes empresas, especialmente multinacionais, que já aplicavam o conceito em suas matrizes e o trouxeram para as filiais brasileiras.

Hoje, há um número bastante grande de empresas nacionais usando IC&M no seu dia a dia, quer seja com equipes internas ou lançando mão de empresas de consultoria. Mas não é exatamente o tipo de técnica de gestão que se saia alardeando por aí: a Inteligência perde um pouco da eficácia se os concorrentes souberem que uma empresa a está empregando.

Peças de quebra cabeça espalhadas
Dados e informações obtidas com Inteligência são as peças que vão montar uma imagem clara do ambiente competitivo.

Simplificando o conceito

Deixando os conceitos acadêmicos de lado, Inteligência é qualquer atividade que – ao coletar, compilar e analisar informações – ajude o processo de tomada de decisão estratégica de uma empresa ou instituição. Ou seja: toda empresa já pratica um pouco de Inteligência Competitiva e de Mercado.

Porém, como toda atividade, quando é realizada com metodologia, técnica e organização, ganha em eficiência e eficácia. Aí é que entram os conceitos, modelos, métodos e técnicas que a Link aplica em suas atividades de IC&M. Nós não fornecemos informação bruta, clipping ou pesquisas de mercado. Vamos além: cotejando informações e dados de diferentes fontes, criando contextos relevantes para os clientes e gerando análises de valor, que vão se transformar em decisões e resultados concretos.

Todas as áreas da empresa precisam de informação confiável

Praticamente todas as áreas de uma empresa podem se beneficiar das atividades de Inteligência. Desde a área de marketing, que pode ajustar o lançamento de um produto conforme as mudanças de comportamento dos clientes e concorrentes, até o setor de desenvolvimento, que pode empregar novas matérias-primas a partir de informações obtidas com fornecedores. Isso sem falar da inserção em novos mercados, fusões, aquisições e informações financeiras – câmbio, bolsa, índices, tendências – que impactam em toda a estratégia da empresa.

Para isso a Inteligência Competitiva e de Mercado reúne informações primárias ou secundárias, buscando como fontes os concorrentes, os consumidores, os fornecedores, o mercado financeiro, os pesquisadores e outros. Essas informações podem ter como finalidade uma decisão única de uma empresa, como a de definir um país para a internacionalização, ou fazer parte de um monitoramento permanente para se manter à frente dos concorrentes e detectar sinais fracos.

Em suma, quando uma empresa precisa compreender melhor um novo mercado, planejar seu desenvolvimento tecnológico para o futuro próximo, entender o impacto da economia em seus negócios ou descobrir os próximos movimentos da concorrência, é à Inteligência Competitiva e de Mercado que ela recorre. É isso que fazemos aqui na Link Estratégia.

Outros posts

Em 2024 os consumidores dedicarão seu tempo ao que for relevante para suas vidas

26

fev
Audiência, Comunicação, Jornalismo, Marketing

Como a necessidade de ser relevante vai mudar o marketing e o jornalismo?

Se for para resumir em uma palavra a tendência para o marketing e a comunicação neste ano eu escolheria “relevância”. Em 2024 ser relevante será um ponto chave para o marketing, a comunicação e o jornalismo. A questão é como alcançar essa almejada relevância.

decisões de marketing e comunicação

15

dez
Comunicação, Comunicação organizacional, Marketing, Todos os temas

Sobre decoração natalina e decisões de marketing e comunicação

Em grandes empresas ou pequenos negócios as decisões de marketing e comunicação seguem alguns princípios básicos. Na semana passada conversei casualmente com um gestor de um pequeno negócio do meu bairro sobre a colocação de uma mangueira decorativa para o Natal. Apesar de ser uma decisão simples, é perfeita para lembrar dicas básicas sobre quaisquer decisões em marketing e comunicação.